O lugar mais bonito do mundo...

A beleza dos lugares mora nos detalhes!

Olá meu nome é Ana Paula mais conhecida como "Ana Reborn" pelo fato de eu ser criadora de um curso de bebe reborn online onde ensino técnicas super avançadas da criação desses bebes realistas, e hoje vou lhe contar sobre um lugar onde tive o prazer de conhecer, vou lhes contar a sensação!!!
Sentada em frente ao Lago de Braies, bem ao Norte da Itália, com os pés descalços alisando as pedrinhas, respirei fundo e concluí que, muito provavelmente, aquele devia ser o lugar mais bonito do mundo. Teríamos ali um vencedor de uma disputa não declarada?

No lago, em meio aos Alpes, a água em tons de verde claro e profundo é contornada por enormes pinheiros verde-floresta e coroada pela imponente montanha que, nesse dia, encostava no céu azulzinho. Adjetivos que, mesmo abundantes, não dão conta de definir. Não dão conta do sentir.

Dramática – e abusada –, a rocha mergulhava o reflexo sem dó até o fundo do lago, em cuja superfície charmosos barquinhos a remo deslizavam em número suficiente para fazer daquela imagem um momento de comunhão com o universo.


Um destino absolutamente incrível, daqueles que tiram o fôlego e deixam a gente inflado de vida. Mas a verdade é que não faço a menor ideia de qual seja o lugar mais bonito que já vi até aqui. Não é mais possível ranquear. Comparações seriam injustas. Ao mesmo tempo, sobram e faltam adjetivos. Desisto. Contemplo, sinto, fotografo e me rendo, desarmada. Não cabe em mim.

A beleza dos lugares mora nos detalhes, na falta de ar. Na cor da areia ou na textura da argila. Mora no formato das árvores e das pedrinhas, nos tons das águas. Mora na arquitetura, no céu, no reflexo que fazem as coisas, na vestimenta das pessoas e no sorriso delas. A beleza mora naquele riozinho tímido que desce pela montanha com cor de mágica. Mora no cervo que atravessa a rodovia debaixo de um céu cravejado de estrelas – e no próprio céu cravejado de estrelas!

A beleza a gente encontra nos jardins floridos das casas e nas floreiras fartas dos hotéis. A beleza mora às vezes até mesmo no barulho das grandes cidades – ou no silêncio inquietante das pequenas. Nas janelas mora grande parte da beleza de um lugar, assim como nas plantinhas que nascem na grama sem pedir licença. Mas bonitas mesmo são as estradas. Ah, as estradas! Permitem que a gente desvende muitos segredos que não são revelados de outro modo. São elas que administram os caminhos, e é nos caminhos que – espontaneamente – a magia geralmente acontece.

Um oceano é mais belo que um lago? Um deserto ou uma montanha? Uma ilha? Cidade murada? Neve ou calor? O chique ou o rústico? Quem sou eu pra dizer o que é mais belo?

Quanto mais lugares conheço, mais entendo e aceito que a beleza de cada um é complementar à do outro. Lugares são vida, têm alma, energia. São todos peças de um mesmo quebra-cabeças chamado mundo. E, o mundo, é um grande jogo viciante de se jogar.



Fonte: https://trendr.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

OS MELHORES DESTINOS PARA QUEM AMA A NATUREZA!

Artesanato De Panela De Barro: Faça Um Sino Para a Varanda!